SOBRE OS MODELOS CLIMÁTICOS.

Caros leitores,

A “emergência climática”, que nos dizem ameaçar o colapso iminente da civilização e a extinção da humanidade, é um dogma imposto por uma tirania culturalmente totalitária.

Ameaçando os padrões de vida de milhões, não permitindo desafios e destruindo os meios de subsistência e a reputação de quem ousa discordar, foi criado por um repúdio à ciência, à humanidade e à razão: os próprios marcadores da modernidade e do Ocidente.

Esta é a verdadeira emergência.

Aqueles que apontam isso são difamados pelo termo assustadoramente ofensivo “negadores da mudança climática” e descartados como um pequeno monte de manivelas. Isso apenas mostra os efeitos aterrorizantes do pensamento de grupo. A afirmação de que “97%” dos cientistas apoiam a previsão de desastre planetário através do aquecimento global antropogênico é uma figura que se diz ter deturpado as evidências e negam o princípio científico chave de que a ciência nunca é estabelecida.

Também ignora os centenas de cientistas de áreas afins, muitos com reputação estelar e alguns dos quais atuaram como revisores especialistas do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas até que decidiram que o IPCC estava sequestrando a ciência para fins ideológicos, que mostraram repetidamente que as evidências para uma “emergência climática” não se sustenta por um momento.

Todas as “previsões” climáticas são baseadas em modelagem computacional, aos quais são incapazes de processar esse nível de complexidade e também suscetíveis a suposições falsas fornecidas pelos programas que produzem resultados falsos. Na ciência da computação e na logística, existe um jargão que é “garbage in, garbage out”, o que quer dizer “lixo entra, lixo saí”, ou seja, se os dados que alimentam os modelos e os códigos do modelo são lixo, os cenários que eles produzem também são lixo.

Para entender a diferença entro previsão, prognósticos e cenários, assista ao vídeo abaixo.

One Reply to “SOBRE OS MODELOS CLIMÁTICOS.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *